SlideTop
Spacer Spacer
Loading
SlideBottom
ContentTop

Núcleo dos Criadores de Cavalo Mangalarga Machador de Campos dos Goytacazes realiza curso em parceria com a Fundação Rural


Por favor aguarde, carregando imagens!
 
Durante os dias 19, 20 e 21 deste mês criadores e peões de toda região estão reunidos no parque de exposições da Fundação Rural de Campos, participando do curso básico de treinamento e adestramento de cavalo da raça mangalarga machador.
 
O curso que é uma organização do Núcleo dos Criadores de Cavalo Mangalarga Machador de Campos dos Goytacazes junto com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga em parceria com a Fundação Rural de Campos, está sendo ministrado pelo instrutor Alan Villaça.
 
Segundo Alan Villaça a raça evoluiu muito com o passar dos anos e a mão de obra não acompanhou essa evolução. “Nosso objetivo é que ao término deste curso os participantes exijam mais do potencial do cavalo, aproveitando todas as dicas e técnicas passadas nesses três dias” disse o instrutor.
 
No primeiro momento assuntos teóricos como noções históricas da equitação no mundo, abordando o adestramento como esporte, além de sua aplicação nas diversas utilizações do cavalo, estão sendo abordados. Já na segunda etapa acontece a parte prática, onde os alunos são orientandos com relação a utilização correta dos instrumentos, permitindo preparar devidamente seu cavalo para utilizações básicas.
 
A capacitação da mão de obra local foi o que motivou o presidente do Núcleo dos Criadores de Cavalo Mangalarga Machador de Campos dos Goytacazes trazer o curso para o município, tendo em vista outros cursos ao longo do ano. “Estamos à frente do Núcleo apenas dois meses, sendo este nosso segundo curso voltado para qualificação, pois aqui na região é difícil encontramos bons profissionais capacitados”, afirmou Maurício Guimarães.
 
Para o Presidente da Fundação Rural de Campos, Ronaldo Arêas parcerias são sempre importantes para o fomento e o aumento da criação da raça no município e em toda região, destacando o aperfeiçoamento e o aprendizado de novas técnicas. “A FRC está de portas abertas para receber cursos de capacitação e qualificação, firmando parcerias onde produtores, criadores e peões sejam os maiores beneficiados”, finalizou.

Mais notícias